A diversidade de dietas lowcarb

Oi pessoal, sumi, né?

Pois bem, desde que terminei minha fase 3 e viajei de férias, voltei de viagem com o mesmo peso, como já comentei nos posts anteriores. No entanto, eu mudei de emprego e NÃO FUI ao nutricionista, conforme eu tinha planejado. O que acontece é que no meu novo emprego tem TODAS AS COMIDAS GORDAS DO MUNDO TODO DIA! Toda hora aparece uma sobra de um camarim, ou sanduíche a metro, aniversariante da semana, fora que os restaurantes ao redor são PÉSSIMOS para comer vegetais, então só me resta comer carbos. Triste realidade.

E aí? Bom, eu engordei 4kgs em 4 meses, e estou pesando 68,5kg. Foi meu aniversário dia 20/01, dia em que ganhei o livro BARRIGA DE TRIGO. Já tinha curiosidade sobre o tema, eu sou adepta das dietas lowcarbs para perder peso de forma geral (brasileiro ingere carboidrato demais, além das necessidades diárias), e tenho visto muitas ex-dukanianas aderindo à LCHF/Paleo.

Ainda não terminei de ler a parte teórica, mas a parte prática da dieta sim. Ao compará-la com a Dukan, apesar de ser mais “gorda”, ela me parece mais saudável: sem essa de industrializados em pó (gelatina, pudim zero, suco em pó, leite em pó), ou de bebidas “veneno” como refrigerantes; os “tolerados” são frutas, laticínios leves como cottage e iogurte natural; você pode comer vegetais que nascem em cima da terra à vontade (acredito que muitos dias PPs por meses são prejudiciais); as gorduras permitidas são apenas as gorduras boas: naturais das proteínas animais e dos queijos ou das oleaginosas, azeite, coco e abacate; e para quem não pretende perder mais de 10 kg, a dieta não é zero carbo, você pode comer quinoa e aveia com moderação (1/2 xícara por dia).

Como eu disse em posts anteriores, eu não quero apenas ficar e me manter magra, quero ser saudável. Isso não é uma crítica à Dukan, mas do pouco que li, a LCHF me parece um estilo de vida mais saudável.

Enquanto não arrumo um bom nutricionista esportivo, vou mergulhar nessa e tentar perder 10% de gordura corporal (estou com 28%).

Para quem quiser conhecer mais um pouco, indico os links abaixo:

http://naomaisfat.com.br/tudo-sobre-lchf

http://maisgorduramenoscarboidratos.com

http://amilanesasemfarinha.com

View story at Medium.com

Anúncios

3 thoughts on “A diversidade de dietas lowcarb

  1. Olá,
    Sei que n estou comentando no lugar certo, mas fiquei preocupada de vc n ver.
    Sobre os efeitos colaterais. Eu tomo uma pílula há anoooos e de baixa dosagem. Ela tem 4 dias de pausa e eu sempre ficava menstruada no quinto dia (onde eu começava a tomar o remédio de novo).
    Esse mês comecei a dieta e fiquei 10 dias em fase de ataque. No mesmo dia que acabou a fase minha menstruação desceu, no primeiro dia da pausa (veio adiantada). Nos 2 primeiros dias foi tranquilo mas ontem e hj (quarta) desceu bastante. Amanhã seria o dia q tinha q descer e eu volto com outra cartela.
    Vi que vc ficou 20 dias e nos comentários muitas meninas tb se queixaram disso. Como e quando isso para? Eu li o que vc colocou de uma explicação, mas isso ainda continua ocorrendo mesmo na fase Cruzeiro em q comemos legumes?
    Estou preocupada!! 😦 esse assunto me gera mt dúvida pq n tem nada nos livros! Como sei se minha pílula ta fazendo efeito?
    Tem perigo de continuar fazendo a dieta?

    Agradeço se puder me ajudar!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s